12 de janeiro de 2015

Bloco de notas aberto

(Imagem retirada da internet)

Vejo as letras, mas elas correm...
Eu disfarço! O riso aparece em contraponto com a angústia.

Fato!

Será que as coisas não fazem sentido ou
será que o sentido não faz as coisas?

Eu sou o que o meu ser almeja?!

Que ser é esse?
É meu e teu?
É riso e choro!
É noite e dia.
É canto é poesia.

Pensei que pudesse entender,
no instante agora.

O que ocorre é uma dispersão,
elas querem se encontrar.
Mas isso não quero!

Quero o desacordo,
a mistura,
e por fim
a ausência de sintonia!

Deixe-as livres.

Por Nina

[Poema escrito em outubro de 2008]



Redes Sociais
FanPage | Instagram

46 comentários:

  1. Porque a ausência de sintonia, às vezes, faz bem para nós.
    Adorei, Jana.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 4 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Janaína..
    muito oportuna a frase do sentido das coisas e do não sentido tb..
    quantas vezes nos perguntamos o que é certo e errado..
    fato é que devemos fazer o que nosso intuição mandar e a mesma sempre nos esta presente em forma de inspirações..

    te desejo um lindo dia

    lapidandoversos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o que é certo e errado, não é?! Verdade...
      Ótima dia para você também!

      Excluir
  3. Adoro ler esse tipo de coisa, muito lindo o texto

    Beijo

    aestranhanoparaiso.blogspot.com.br
    Instagram: @aline_bianca

    ResponderExcluir
  4. De um bloco de notas aberto podem sair tantas verdades!
    Lindo poema!
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi tudo bom?
    Adorei o poema, parabéns!!

    Beijos
    Juh ~ http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Vivemos amos, nos sorrisos, nas angustias, nas decisões e indecisões.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos esses sentimentos fazem mesmo parte de nós, Bell...

      Excluir
  7. Adorei
    que poema lindo!
    adorei a parte do sentido não faz as coisas.
    amei mesmo
    e a foto entãoooo...TEATRO! s2 s2

    http://karinapinheiro.com.br/aniversariantes-de-janeiro/

    ResponderExcluir
  8. Nossa Nina que poema lindo... você termina de ler e fica com gosto de quero mais!

    bjs

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que gostou, Joanderson. Você é um querido!

      Excluir
  9. Adoro poemas! <3
    Gostei muito do seu *-*
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  10. Oh Nina,
    Que bonitinho, confuso, li umas três vezes e não consegui entender exatamente, mas acho que por isso gostei tanto :3
    grande abraço!!!

    http://leitorantissocial.blogspot.com.br/ (tô no pc da minha irmã e sem paciência de procurar o código :p)

    ResponderExcluir
  11. Quero o desacordo,
    a mistura,
    e por fim
    a ausência de sintonia!
    ameeeeeei, muito lindo <3333
    http://teoremademari.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    ADOREI o texto, retrata bem a confusão que me sinto em vários momentos. Muito bom! Fico feliz de estar de volta por aqui, estava viajando e não consegui comentar por uns tempos </3!
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que está de volta, Inês. Acho que essa confusão é inerente ao ser humano. :)

      Excluir
  13. Oi Nina, tudo bom?
    Nossa, parabéns pelo poema... É bem bonito, além de "universal". Acho que qualquer um pode se identificar com ele em algum momento da vida ;)
    Grande beijo ♥

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo ótimo e você, Thati?
      Ah, que bom que gostou. Beijos

      Excluir
  14. Linda a poesia! Estava falando outro dia com uma amiga como a vida é semelhante ao processo de um rio. Show...
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  15. Oie, Nina!
    As palavras e letras estão sempre em caos na nossa vidas, as vezes achamos que elas tem lógica, mas nem mesmo sabemos definir o que é lógico.
    Parabéns pelo poema, eu não tenho o dom de escrevê-los, quem sabe um dia...
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que é a lógica? rs
      Obrigada pelo carinho.
      Tenho certeza que quando pegar para escrever sairá coisas lindas.
      Beijos

      Excluir
  16. Owwn, que lindo!

    Fiquei pasmo com a complexidade com a qual você escreve!

    Parabéns, e continue postando mais e mais! Seus textos são ótimos :3

    Abs,
    Jhonatan.

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Que lindo e que talento!

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Belo poema, de uma delicadeza e intensidade sem tamanho.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Muito lindo o poema Nina, primeira visita e já me deparo numa coisa bela dessas.Admiro muito quem escreve poemas, adoro ler, mas eu não consigo escrever e nem transportar meus sentimentos para eles, infelizmente. Parabéns!
    Beijos,
    Ana.

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Nina!

    Muito lindo seu poema. Esta tão cheio de sentimentos, que fico aqui pensando quem derá eu conseguisse algo assim rs,.


    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que gostou, Fê. Ah, acho que se tentar consegui sim. =)
      Beijos

      Excluir

Tell me! =)
Os comentários serão respondidos nesta página.