11 de maio de 2014

Máquina de sensações

(Imagem retirada da internet)
Busco o desconcerto, quero as borboletas sempre comigo.
Elas aparecem e fogem,
Você pisca e elas aparecem.

Gosto da sua ousadia
É como se ela me pertencesse
Eu evito, mas de fato o afastamento é algo impossível.

Manifesto-me apenas com sorrisos.
Você é como uma máquina de sensações,
Causa-me inquietações e
Aguça meus desejos.

Leio você todas as tardes,
Rejuvenesço dez anos.

Te vejo, você me chama.
Te olho, dou um passo pra trás.
Lhe olho nos olhos e ergo a minha mão.
Por Nina

Redes Sociais

36 comentários:

  1. Oi Nina, tudo bem?
    Esse foi muito profundo para mim, risos...me explica: quem é essa máquina de sensações para você? Eu fiquei imaginando mil possibilidades, mas realmente não sei.
    Mas gostei do seu texto.
    eijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cila!
      Que legal receber o seu comentário e, principalmente, a sua pergunta. A "máquina de sensações" é a simbologia de um turbilhão de sentimentos que é ativado em mim diante de algumas pessoas e situações.
      O legal de um poema é mesmo a vasta possibilidade de interpretações, não se preocupe. :)
      Beijos

      Excluir
  2. Nina, poesia não é um gênero literário que eu consiga entender. Mas sua poesia falou comigo, adorei! Muito linda!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa boa de ler, Ju. Fico realmente feliz em saber que tenha gostado.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Nina, linda poesia, parabéns! Bjsss

    ResponderExcluir
  4. Linda máquina de inquietações! Acho que é isso que muitos buscam =)

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. não entendo muito de poesia, mas acho que se ela te faz arrepiar ela é boa :p
    parabéns!
    bjo!!

    http://leitorantissocial.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que o meu escrito tenha de arrepiado então. ;)
      Beijos

      Excluir
  6. Como sempre as suas poesias são lindas. Parabéns!

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Toda mulher é uma máquina de sensações. Adorei

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  8. As borboletas são as oportunidades, são um ceno da felicidade.

    ResponderExcluir
  9. Acho que não existe nada mais complicado do que descrever nossas sensações...
    No entanto você fez isso muito bem! A verdadeira poesia é aquela que se sente, e a sua vai direto ao ponto, parabéns Nina!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Belle. Muito obrigada!
      Beijos

      Excluir
  10. Like always, beautiful <3
    http://dancinofdays.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Muito belo seu escrito Nina!
    Gostei do seu blog e voltarei mais vezes.

    Obrigada pela carinhosa visita!

    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  12. OI NINA!
    VINDO AQUI PELA PRIMEIRA VEZ.
    QUANDO O AMOR É MAIS FORTE...
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa boa, Zilani. Seja MUITO bem-vinda e volte sempre que quiser. :)
      Abraços

      Excluir
  13. Amei...bem a cara do meu blog: fala de Borboletas, ousadia, sensações...
    Belo trabalho
    Blog ArroJada

    ResponderExcluir
  14. Olá Nina, tudo bem??? gostei muito do pequeno escrito... foi bem intenso e profundo... Parabéns... Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo ótimo e você, Diana?
      Agradeço! :)

      Excluir
  15. Oiee ^^
    Adorei o texto ♥ como a Diana (ali em cima) disse, é bem intenso e profundo. "Leio você todas as tardes, Rejuvenesço dez anos" ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tell me! =)
Os comentários serão respondidos nesta página.