20 de outubro de 2008

O vazio da manhã



A leve brisa passa por mim
deixando apenas um abraço.
Ele me conforta.
Sinto-me segura.

Ouço a música que fala do cristal,
e as coisas parecem flutuar...
Eu me sinto forte,
e esqueço dos que me afligem.

Lembro-me apenas do cheiro da manhã,
e da manhã que era apenas você.

{Ouvindo: Keane - Cystal ball}

2 comentários:

  1. Renata de Oliveira27 de outubro de 2008 00:28

    bacana demais essa poesia, menina.

    ResponderExcluir
  2. ESCREVER...

    Faz bem ao coração
    e à razão.
    Ilumina nossa alma
    dissipando a tensão.

    Acredito que momentos de tensão, vc não tem tido muitos.

    Escrever virou um prazer
    e o prazer transformou-se
    em inspirações - mui belas por sinal-.

    Parabéns
    seus textos estão
    baknas .. bjus

    ResponderExcluir

Tell me! =)
Os comentários serão respondidos nesta página.