19 de agosto de 2017

Parar, olhar pra dentro de si e agir

Há momentos em que seu corpo começa a enviar mensagens, dar sinais de que há alguma coisa errada dentro de você. O corpo é um verdadeiro espelho e te mostra por meio de reflexos as partes feridas. Curioso que sempre me disseram isso, mas nunca dei bola, deixei o ferimento aumentar, abrir cada vez mais e as dores começaram a tomar uma proporção que eu não esperava. Sim, esse é o momento que você precisa parar, apertar o botão pause da sua vida, repensar a sua trajetória, sua rotina, seus caminhos, e fazer novas escolhas.

Imagem retirada da internet

Escrevo esse texto no exato momento do stop. Na minha atual posição me analiso de um outro ângulo, é como se eu me distanciasse do meu corpo e tivesse uma visão panorâmica de tudo. Dos sentimentos, das dores, vejo o fardo pesado, vejo o labirinto que me encontro e pela primeira vez estou decidida a mudar, a sair da escuridão. Mas como toda escolha essa implicará em um oceano de renuncias. Esquivei-me por anos, achei que conseguiria levar essa situação por mais alguns anos, todavia comecei a me distanciar da minha verdadeira essência e fui engolida pelo ego. Mergulhei num mar de insanidade, de cobranças, de rótulos...

Imagem retirada da internet
Disseram-me a vida inteira o que eu devia fazer, o que eu tinha que ser, qual trabalho eu deveria exercer, quanto eu tinha que ganhar, pra onde eu devia ir... E agora, completamente despida do ego, das cobranças, de tudo, me permito olhar para dentro, como nunca havia feito antes. Percebo o quanto é bela e leve a nossa verdadeira face, o quanto desperdicei meu tempo com coisas que nem eram tão importantes assim.

Imagem retirada da internet

Quero reconstruir, renunciar, reescrever a minha história a partir daqui, iniciar novos projetos, me permitir tanta coisa... Permitir que eu não seja feliz apenas aos finais de semana e nas férias. Sei que o primeiro passo será o mais penoso, o mais doloroso porque vez ou outra a voz do "você precisa continuar nessa situação" vez ou outra reaparece. Mas sinto que esse é um passo primordial para reacender a chama na minha vida e iniciar as mudanças. É isso! Eu tenho a certeza de que preciso fazer essa escolha, de proceder com essa renúncia para me permitir mais leveza e mais luz na minha vida e dos meus.

PS: Esse texto foi escrito em 31 de julho de 2017, semana em que tomei a decisão profissional que precisava e desejava. Espero - com todo o meu coração - que esse texto te inspire e te impulsione a realizar as decisões que você necessita. ♥

Paz e bem!
Redes Sociais:

8 comentários:

  1. Lindas palavras,para uma sábia decisão.Que Deus te abençoe ao longo do seu caminho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Layana querida! Que presente tê-la aqui. Saudades da época da escola, tempo que não volta mais...
      Obrigada pelo comentário e pelos votos de felicidade. Recebo a energia positiva enviada e envio o dobro para você e os seus.
      Paz e bem!
      Beijo!

      Excluir
  2. Oi, Ninaaaaa! Acho que todos passam por isso um certo momento da vida. Onde queremos nos achar e fazer escolhas que nos façam bem. Para desfrutar de uma vida repleta de realizações pessoas e profissionais. Não é fácil mudar, mas é necessário!
    Esse processo de me redescobrir e ir em busca da felicidade aconteceu para mim em 2014, quando decidi mudar de profissão.
    Mas é isso aí, estamos sempre em busca de um autoconhecimento!
    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rêzinha linda!
      Que coisa linda te ter aqui. :)
      Concordo. Acredito que todos passam por isso... Talvez alguns optem pela mudança, outros a adiem e deve haver aqueles que nunca tomem uma decisão. Cada um sabe a dor e a delícia de ser quem é, não é?!
      Como é bom mudar o rumo e descobrir que temos uma infinidades de possibilidades, né?! Acompanhei um pouco dessa sua fase - mesmo que distante - e sei o quanto foi importante. Que Deus a abençoe!
      Paz e bem!
      Beijão!

      Excluir
  3. Nina,
    A mudança necessária precisa chegar em algum momento. Também estou me reescrevendo e sei o quanto é difícil, primeiro se aceitar, e depois, fazer os outros aceitarem. Talvez nem seja necessário.Que texto lindo! É a voz da sua alma falando.

    ResponderExcluir
  4. Adorei Nina... Que consiga alcançar tudo que precisa e ir além do que você imagina. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Quando o impulso vira um instinto, uma chance de começar de novo e ser mais feliz, fazendo aquilo em que a gente acredita, não importa o quão penoso for, o risco vale a pena. Estou numa situação parecida e com certeza te desejo toda sorte do mundo!

    ResponderExcluir

Tell me! =)
Os comentários serão respondidos nesta página.