11 de janeiro de 2009

Solidão



E assim é.
Só!
É estranho e dói.

Tarde de domingo no quarto.
Os assobios e aquele velho filme,
que insiste em rodar.

Meu mundo,
minha escolha.
Doce e amarga.

{Escutando: Marcelo Camelo – Doce solidão}

4 comentários:

  1. As vezes eu gosto da solidão..noutras não!

    ResponderExcluir
  2. Estou bem sim querida e você?
    Ah, como eu poderia deixar de passar or auqi?
    Primeiro que sou uma apaixonada por poesias,sempre escrevo umas..segundo porque as suas parecem que me descrevem!!!

    Bjoks

    ResponderExcluir
  3. A solidão é um convite, para reflexão, para dentro de si mesmo, para encontrar algo que sempre esteve onde nós sempre sabíamos que estava lá.

    Existe uma chave, uma chave única, ela que abre o coração.

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto da solidão.
    Curte ela.

    ResponderExcluir

Tell me! =)
Os comentários serão respondidos nesta página.